Português (Brasil)

Hidrogênio


Devido às suas propriedades químicas, pode produzir energia reagindo com o oxigênio de duas maneiras. Uma delas é quando esses dois gases são misturados diretamente, ocorrendo a combustão ou explosão, como acontece na propulsão dos foguetes espaciais. A segunda maneira é quando esses dois gases são colocados para reagir de modo controlado utilizando-se uma substância chamada eletrólito. Isso ocorre nas chamadas células de combustível onde o hidrogênio é o combustível e a energia é obtida na forma de corrente elétrica. Existem alguns veículos que são movidos a hidrogênio.


Áreas de Pesquisa

Área de Pesquisa Instituição
1. Armazenamento de gás em carbonos porosos Universidade de Loughborough
2. Armazenamento de H2 em nanofibras de grafite, Materiais de armazenamento de hidrogênio baseado em polímeros (com as Universidades de Cardiff e Birmingham) Universidade de Manchester
3. Armazenamento de H2 em nanotubos de carbono Universidade de Liverpool
4. Armazenamento de hidrogênio em forma sólida, Síntese de materiais nanoestruturais Universidade de East Anglia
5. Armazenamento de hydrogênio de nanotubos de TiO2, Células de combustível de boro hidreto e células de fluxo redox Universidade de Southampton
6. Armazenamento de nanofibras de carbono e outros materiais relacionados Universidade de Notthingham
7. Caracterização magnética e termodinâmica de hidretos de metal Manchester Metropolitan University
8. Centro de Hidrogênio e Células de Combustível Universidade de Birmingham
9. Ciência de carbono, Materiais nanoporosos para armazenamento de hidrogênio Universidade de Newcastle
10. Desenvolvimento de materiais avançados para armazenamento de hidrogênio: ativação química de ligas baseadas em magnésio; síntese de hidretos complexos; síntese de zeólico (troca de íons). Universidade de Birmingham
11. Divisão fotocatalítica de água Universidade de York
12. Electrolisadores com temperature intermediária de óxido sólido para produção de hidrogênio Imperial College London
13. Eletrodos semincondutores multi-camadas para fotodivisão direta de água Universidade de Ulster
14. Eletrólise de alta temperatura de água utilizando condutores a prótons de óxido sólido, MOF e zeólitos para armazenamento de NO Universidade de St.Andrews
15. Engenharia de cristais (coordenação de estruturas porosas, materiais híbridos orgânicos-inorgânicos para uso em armazenamento de H2 Universidade de Notthingham
16. Espectrômetro de nêutrons TOSCA usado para estudar hidretos de metal (binário, terciário e catalisado/dopado), zeólitos, MOFs, estruturas de óxido de metal, nanotubos, grafite dopado, Li₃N, sólidos moleculares, etc. ISIS
17. Estudos teóricos de absorção e difusão de moléculas pequenas (CO2) em materiais porosos (zeólitos, MOF flexíveis para materiais de armazenamento de massa baixa), Materiais carbonosos e armazenamento de gás, Simulações moleculares em hidrato de argila Universidade College de Londres
18. Estutura metal orgânica porosa (MOF) e coordenação de gaiolas para separação química ou tecnologia de armazenamento, Sólidos microporosos. Universidade Queen de Belfast
19. Futuros hidrogênios, Questões socioeconômicas Universidade de Salford
20. H2 Gales, Produção de hidrogênio por fermentação, Viabilidade de hidrogênio sustentável, Produção de hidrogênio apartir de co-produtos da indústria de amido (Carbon Trust), University of Glamorgan
21. Hidrato de metal leve catalizado, Hidratos complexos catalizados, Nanofibras de grafite (GNFs), Ternários (BCC), Polimeros Metalo-Organicos (MOFs), Design de sistemas de armazenagem Universidade de Notthingham
22. Hidretos de metal Universidade de Reading
23. Hidretos de metal, Carbonos, Materiais para armazenamento de H2 Universidade de Oxford
24. Iniciativa de intercâmbio internacional em aticação e amarzenamento de hidrogênio; hidreto de metal, Armazenamento de H2 como amortecedor de aplicações em grande escala; política/simulação (não química) Universidade Durham
25. Iniciativa de intercâmbio internacional em aticação e amarzenamento de hidrogênio; hidreto de metal, Armazenamento de H2 como amortecedor de aplicações em grande escala; política/simulação (não química), Hidretos de metal e não metal como (BH6)3 – ânios Universidade Durham
26. Ligas, materiais nanoestruturados, polímeros compósitos, fases MgH2, materiais carbonosos, Química computacional em: catalizadores MgH2 Universidade Queen Mary de Londres
27. Materiais de armazenamento de hidrogênio baseados em polímeros (com a universidades de Manchester e Birmingham), Potencial de cristais orgânicos como materiais de armazenamento de hidrogênio Universidade Cardiff
28. Materiais de eletrodos e eletrólitos para supercapacitores Universidade de Surrey
29. MOF para armazenamento de H2, Estruturas porosas de carbono, Ligas de NiTi, para formação de ligas inter metálicas porosas, Divisão fotossintética de água Imperial College London
30. Nanopartículas metálicas para armazenamento de hidrogênio Universidade de Warwick
31. Políticas de hidrogênio do Reino Unido Imperial College London
32. Produção biológica de hidrogênio a partir de culturas e resíduos de açúcar Universidade de Birmingham
33. Produção de hidrogênio a partir de ciclos termoquímicos Universidade Sheffield Hallam
34. Produção de hidrogênio a partir de óleo vegetal, Geração de hidrogênio a partir de glicerol derivado de biomassa usando processo SERP Universidade de Leeds
35. Produção de hidrogênio a partir gaseificação a vapor da biomassa Universidade College de Londres
36. Produção de hidrogênio por eletrólise movido a painéis fotovoltaicos Universidade de Napier
37. Produção de hidrogênio por hidrogenase Universidade de Oxford
38. Produção de hidrogênio usando eletricidade renovável (ondas) Universidade de Strathclyde
39. Produção distribuída de hidrogênio com captura de carbono: novos processos para a produção de hidrogênio a partir da biomassa Universidade de Cambridge
40. Purificação e separação de hidrogênio: ligas para membranas de metal denso, desenvolvimento de substratos porosos para membranas de metal Universidade de Birmingham
41. Química computacional em hidretos de metal Universidade de Leicester
42. Química quântica, forças intermoleculares e espectroscopia Universidade de Cambridge
43. Rede porosas cristalinas (MOF) usadas para armazenamento de H2, Hidretos de metal (usado também para pó de metal/ trabalho com hidreto de metais frágeis Universidade de Cambridge
44. Rotas foto-catalíticas e fotobiolóticas para hidrogênio Imperial College London
45. Segurança no uso de hidrogênio, Gas natural – misturas de hidrogênio, Participante NaturalHy (projeto) Universidade de Loughborough
46. Síntese de estrutura porosa sólida para uso armazenamento de gás (sílica, MOF), Pesquisa de um ano em nanotubos TiO2 e aplicação de H2, Estruturas porosas complexas em carbonos Universidade de Bath
47. Troca de membranas de eletrólise de prótons de baixo custo Universidade de Heriot-Watt
48. Uso de CO2 e H2 para formar ácido fórmico em células de combustíevel (bem como espuma de magnésio) Universidade de Strathclyde
49. Zeólitos/ materiais carbonosos; modelo computacional de hidretos, Nanotubos de carbono, dispersão de nêutrons com hidrogênio como sonda de superficie; hidretos complexos leves Universidade de Salford

  • IBICT
  • MCTI
  • Ciencia sem Fronteiras
  • Foreign & Commonwealth Office
  • Universities UK
  • International Unit
  • British Council
Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT

Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 05 Lote 06 Bloco H Cep: 70070-912
Plano Piloto - DF, Brasil